Our news

Equity crowdfunding, uma nova alavanca para negócios de impacto

equity

Investidores, empreendedores, startups, aceleradoras, institutos e fundações, e outros atores importantes comprometidos com o avanço das finanças sociais e dos negócios de impacto no Brasil começam a utilizar uma nova e promissora modalidade de investimento coletivo: o equity crowdfunding.

Sistema recente, que democratiza o acesso ao capital, o equity crowdfunding é a oferta pública de valores mobiliários que uma empresa disponibiliza para um grupo de investidores pela internet. Por meio desse financiamento coletivo on-line, é possível colocar recursos em empresas, com direito inclusive a ficar sócio do negócio.

No Brasil, uma plataforma pioneira neste mecanismo é a Broota. Recentemente, esta plataforma foi utilizada para captações do Programa Vivenda e do Impact Hub, as quais somaram cerca de R$ 1 milhão. A Din4mo, empresa que atua no fortalecimento de empreendedores empenhados na criação de negócios de impacto, liderou essas duas captações de grande relevância para a expansão do campo das finanças sociais.

A captação do Programa Vivenda, empresa criada para oferecer às pessoas de bairros populares uma vida melhor por meio da reforma de suas casas, atraiu 40 investidores, entre eles o Instituto InterCement, e levantou R$ 445 mil reais, que serão utilizados na expansão das operações do Programa. A outra captação, para o Impact Hub (comunidade global de empreendedores de impacto)  recebeu R$ 500 mil,  aportados por cerca de 40 investidores. Os recursos ajudarão a ampliar a atuação do Impact Hub em São Paulo, que inclui espaço de co-working para startups.

O interesse do Instituto InterCement (associado à empresa que está entre as 10 maiores produtoras de cimento do mundo) pelo Projeto Vivenda reafirma a importância da recomendação feita em outubro de 2015 pela Força Tarefa de Finanças Sociais (FTFS -http://forcatarefafinancassociais.org.br/), às fundações e institutos (empresariais, familiares e independentes), para que realizem doações e investimentos com o objetivo de viabilizar iniciativas piloto e inovadoras no campo das Finanças Sociais e Negócios de Impacto. “O investimento em negócios de impacto é inovador e expressa novas oportunidades de relações ganha-ganha na cadeia de valor”, afirma Carla Duprat, diretora-executiva do Instituto InterCement.

Dados e estimativas pesquisados pela Din4mo revelam que:

  • Em 2015 o mercado mundial de crowdfunding atingiu a marca dos US$ 34,4 bilhões (ou quase 13 vezes mais do que em 2012, quando as captações somaram US$ 2,7 bilhões).
  • Só o mercado de equity crowdfunding captou US$ 2,56 bilhões em 2015 (21 vezes mais que o valor registrado em 2012).
  • Na América do Sul, o mercado de crowdfunding, que era de US$ 21,4 milhões em 2013, atingiu em 2015 uma captação estimada em US$ 85,7 milhões.

Ao final de 2015, a CVM autorizou a plataforma Broota a utilizar uma nova estrutura para captação de recursos dentro do sistema de crowdfunding. A nova modalidade de investimento inova pela simplificação do processo de captação e por diminuir o risco dos investidores ao usar as chamadas sociedades de propósito específico (SPE) para investir em startups inovadoras. As SPE’s funcionam como mini-fundos de capital semente e recebem investimentos de pessoas físicas, captados por meio de campanhas pela internet. De acordo com a estrutura autorizada pela CVM, há uma nova SPE para cada rodada de captação. A SPE tem prazo delimitado de funcionamento (10 anos) e seu custo, em torno de R$ 25 mil, é coberto pelos investidores, que não participam diretamente da startup, mas ao fazerem aportes nos sites de equity crowdfunding adquirem títulos de dívida conversíveis em ações.

É importante lembrar, contudo, que o pleno desenvolvimento dessa fonte de capital semente ainda depende de instrução da CVM que regulamente esse sistema de financiamento coletivo. A CVM está trabalhando nessa regulamentação, a qual deverá ser colocada em audiência pública ainda em 2016. Fica lançado o desafio para o avanço da regulamentação, com o objetivo de ampliar cada vez mais as plataformas de equitycrowdfunding existentes no país como Broota (www.broota.com.br) e Eqseed (www.eqseed.com.br).

Fonte: ice.org.br/equity-crowdfunding-uma-nova-alavanca-para-negocios-de-impacto/

Written by

ronald

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *